carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Primeiros Passos na Contabilidade

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Primeiros Passos na Contabilidade

Livro Ruim - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    0
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Rogério Pfaltzgraff

Editora: Sedegra

Assunto: Contabilidade

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 183

Ano de edição: 1956

Peso: 360 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Ruim
Marcio Mafra
08/09/2002 às 13:04
Brasília - DF

O conteúdo do livro não vale absolutamente mais nada, pois que nos 40 ou 50 anos decorridos da sua edição, toda a legislação e o contexto empresarial que regem a contabilidade das empresas já mudou inteiramente, afetando completamente a forma e o conteúdo contabil e fiscal das empresas. Esta é a razão do livro ser considerado ruim, mas o seu histórico é excelente e merece ser lido.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Conceito de ativo e Passsivo, Patrimônio e Capital, O processo contabil, noção de debito e credito, fatos patrimoniais, classificação de contas, balancete e balanço elementar.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Resumo da Tecnica de Lançar
Os estudantes de CONTABILIDADE, quando chegam neste ponto de lucros e prejuizos, costumam sempre cair em uma confusão que convém logo dissipar.
Raramente o estudante, ao resolver um problema que contenha um fato modificativo, não erra, por ocasião da análise, levando esse erro até ao lançamento de resposta ao problema.
Nao se lembram de que as contas de resultado são contas essencialmente diferentes das contas patrimoniais, e que não podem responder por uma análise, em geral, orientada para a natureza das contas concretas.
Por exemplo, quando um problema diz: "Recebemos .. Cr$ 100,00 de comissao", 90% dos estudantes colocam Comissões no Debito, antes de a, pelo fato de a haverem recebido.
E estacam ai, neste erro inicial, por não atinarem, naturalmente, com a conta que deve ir para o Crédito.
Assim, ou desistem de responder ao problema, ou fazem pior, colocando qualquer conta no Credito.
Ora, na análise de lançamentos, que está exposta no Capiitulo XII, ensina-se que os valores recebidos sao colocados no Débito.


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Segundo Flávia, o seu avô Aldo, em 1990, por ocasião da passagem dela e Fernanda pelo "vestibular" resolveu distribuir alguns livros que possuía. Flavia, Fernanda, Tatiana e Caroline foram as contempladas. Nesta ocasião ele já se divertia com os cupins, à quem enviava pequenas mensagens, juntamente com longas e filosóficas dedicatórias que escrevia nos livros. Não consegui apurar as razões ou as finalidades da posse dos livros, porque, embora a edição seja datada por volta dos anos 60, nesta ocasião o Aldo já se encontrava no final da carreira de funcionário do governo de S.Catarina, na área da fiscalização da fazenda. Evidentemente ele não tinha mais interesse em estudar novos assuntos profissionais.
Esta é a dedicatória:
"Que prevaleça sempre o bom senso nas pequenas e nas grandes decisões.. Fpolis, janeiro de 1990. Vô Aldo"
"Flávia d'Aquino Mafra: Os primeiros passos são muito importantes na vida. Va devagar e com muita cautela para não perder o equilíbrio. Vô Aldo e vó Ida.
Esta dedicatória para a Neta é coisa sureal, de fazer inveja a a Salvador Dali.


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2019
Todos os direitos reservados.