carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Equador

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Equador

Livro Excelente - 2 comentários

  • Leram
    1
  • Vão ler
    0
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Miguel Sousa Tavares

Editora: Nova Fronteira

Assunto: Romance

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 527

Ano de edição: 2004

Peso: 660 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 


Excelente
Fabiana Borges da Silva Rocha
26/12/2012 às 15:23
Rio de Janeiro - RJ
Romance bem construído, como pano de fundo assistimos a ascensão das colônias européias rumo a independência e a decadência da escravidão. Ao mesmo tempo, assistimos a mudança de comportamento de uma mulher frente ao rompimento de valores extremamente machistas, e dizendo sim a toda forma de amor. Final Surpreendente!

Excelente
Marcio Mafra
23/12/2004 às 19:26
Brasília - DF


O autor, Miguel Tavares é um festejado jornalista português, best seller desde 2004. Equador é um romance supimpa, para usar uma expressão deles. Conta a história do pequeno armador lisboeta Luis Bernardo, culto, educado, rico, solteiro, bem de vida, que atende um pedido do Rei de Portugal e aceita ser o governador das ilhas São Tomé e Príncipe, dois lugarejos perdidos na linha do equador e colônias portuguesas, assim como Angola, Moçambique, Açores e Brasil. Por volta do ano 1900, a economia local - alimentada pela mão-de-obra escrava, vinda de Angola, concorria com os negócios ingleses de cacau e café. Os ingleses ameaçavam um boicote econômico, sob a falsa alegação dos "direitos humanos" ofendidos. A mesma história da carochinha, tal como ocorre nos dias atuais. Luis Bernardo, "bom de cama" conquistou as melhores mulheres do romance, pretas ou brancas, através de divertidas e sensuais histórias contadas com maestria pelo autor. O final é absolutamente imprevisível. Leitura de muita qualidade, diferente, curiosa, histórica, culta, socialmente justa, romântica, politicamente instigante e sensual. Excelente, o pá.



Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Uma história da sociedade portuguesa nos últimos dias da Monarquia, que traça um paralelo entre a vida mundana e fútil da capital e o ambiente duro e retrógado das colônias, ou a história das colônias portuguesas, vista pelos olhos dos colonizados.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Quantas vezes vestiria ela aquele vestido de pregas e aquele corpete que lhe segurava o peito pronto a saltar? Quantas vezes acenderia os castiçais das velas, quantas vezes mandaria as criadas vestirem as suas fardas de goma? Quantas vezes mais iria buscar a garrafa de Porto Vintage ao armário da copa? Quantas vezes teria urn homem civilizado com quem conversar, numa noite plácida de estrelas, na varanda da casa que herdara, como se herda uma prisão?


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Este livro é um best seller em Portugal, onde vendeu 140 mil livros. O autor participou da Flip 2004 e juntamente com Pablo de Santis, fez palestra sobre "A história como inspiração".


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2019
Todos os direitos reservados.