carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Aves e Árvores do Brasil Central

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Aves e Árvores do Brasil Central

Livro Excelente - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    2
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Nikolaus von Behr  

Editora: Ideal

Assunto: Zoologia

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 147

Ano de edição:

Peso: 1.180 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Excelente
Marcio Mafra
29/07/2006 às 15:51
Brasília - DF

Aves e Árvores do Brasil Central é livro bom e bonito. Facil de ser lido e entendido. O prefácio, escrito pela bióloga Jussara Macedo Flores é copiado para servir como comentário: "O Brasil é um dos países mais ricos do mundo em diversidade de aves, com cerca de 1.700 espécies. O bioma cerrado ocupa cerca de 20% do território nacional, com mais de 800 espécies de aves registradas. O grande platô que ocupa o planalto central brasileiro se estende pelos estados de Goiás, Minas Gerais e porções dos estados de Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, estes Estados abrigam cerca de 77% de todo o cerrado do Brasil. A variabilidade de habitats como matas ciliares, campos úmidos, veredas de buritis, campos rupestres, cerrado strictu sensu, campo limpo e cerradão, conferem a essa região uma alta diversidade de espécies de plantas e animais. Nesse contexto, além de sua importância para a biodiversidade, as aves apresentam características que, ao longo dos tempos,seduzem a humanidade. Suas cores, formas, cantos e suas migrações estimulam milhões de observadores de aves no mundo todo. Por outro lado, o Cerrado tem sido tão devastado nas últimas décadas pelo avanço de fronteiras agrícolas, expansão da urbanização, captura e comércio ilegal da fauna, e diversas ações e empreendimentos antrópicos, que o podemos considerar atualmente como o bioma mais ameaçado do Brasil. As nossas riquezas estão desaparecendo, e um dos fatores que contribuem para isso é a falta de sensibilização da população e dos grandes investidores agrícolas.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Pinturas de aves e pássaros que frequentam o Planalto Central, assim como as árvores da mesma região.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Beija Flor Tesoura e o Embiruçu.
No mesmo habitat do embiruçu, ocorre o beija-flor-tesoura (Eupetomena macroura), um dos maiores e mais briguentos troquídeos, caracterizado pela cauda furcada que toma quase 2/3 do tamanho total do macho. Emite urn forte "tzak" e pode ser encontrado das Guianas até o Paraguai.
Com ampla distribuição pelo Cerrado, o embiruçu (Pseudobombax longiflorum) é uma árvore da família das bombacáceas, da mesma família da paineira-rosa, com belas flores brancas e frutos com paina no seu interior, protegendo as sementes e fazendo com que elas, quando maduras, espalhem-se pelo vento por uma area bem maior. De fácil germinação, é planta de crescimento lento.


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Meu amigo Bira, anualmente, convida para participar de um evento chamado prêmio "Excelência Gráfica" que é atribuído aos profissionais do ramo. Durante um jantar, são expostos os melhores trabalhos feitos no ano anterior, ao qual comparecem autoridades, empresários, imprensa e profissionais ligados ao negócio. Na ocasião, anoto os títulos de livros que mais me chamaram atenção e informo ao Bira a minha opinião. Dias depois ele me presenteia com os títulos que eu mais gostei. Não sei o que seria melhor: mais eventos deste tipo, ou mais amigos como o Bira.


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2021
Todos os direitos reservados.