carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Livro dos Sonhos

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Livro dos Sonhos

Livro Excelente - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    3
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Borges  

Editora: Círculo do Livro

Assunto: Contos

Traduzido por: Claudio Fornari

Páginas: 168

Ano de edição: 1976

Peso: 285 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Excelente
Marcio Mafra
29/07/2002 às 18:37
Brasília - DF


Velho e cego, o argentino Jorge Luis Borges, nascido em 1899, é um nome de vários adjetivos: polêmico, fantástico, explosivo, antipático, doce, amoroso, simples, inteligente e inquieto, mas, o que ninguém contesta é o mais simples: gênio da poesia. É o que provam seus mais de quarenta livros, entre prosa e versos, em nada menos que 38 idiomas diferentes. Livro dos sonhos não é do gênero místico ou premonitório. Neste livro, os sonhos de Borges, muito mais que sonhos, são preciosidades. Excelente.



Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

São 113 contos do argentino Jorge Luis Borges. "Este livro de sonhos que os leitores tornarão a sonhar abarca os sonhos da noite - os que eu assino, por exemplo -, os sonhos do dia, que são um exercício voluntário da nossa mente, e outros de raízes perdidas."

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

A corça branca De que agreste balada da verde Inglaterra, De que lâmina persa, que região arcana, Das noites e dias que o nosso ontem encerra, Veio a corça branca com que sonhei esta manhã? Duraria um segundo. Vi-a cruzar o prado E perder-se no ouro de uma tarde ilusória, Leve criatura feita de um pouco de memória E de um pouco de olvido, corça de um só lado. As deidades que regem este curioso mundo Deixaram-me sonhar-te, porém não ser teu dono; Talvez numa esquina do porvir profundo Volte a encontrar-te, corça branca de um sonho. Também eu sou um sonho lúcido que perdura Um pouco mais que o sonho do prado e da brancura.


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Presumo que este livro tenha chegado, através do Círculo do Livro.


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2020
Todos os direitos reservados.