carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Criatividade Profissional

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Criatividade Profissional

Livro Bom - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    0
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Eugene Von Fange  

Editora: Ibrasa

Assunto: Administração

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 254

Ano de edição: 1966

Peso: 445 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Bom
Marcio Mafra
19/09/2002 às 19:35
Brasília - DF

Criatividade Profissional, talvez tenha sido o primeiro livro de auto treinamento profissional que era utilizado, na ocasião em que se começava a falar em criatividade como mola propulsora das relações profissionais. Naquela época a auto-ajuda ainda não amolava o juízo de todo mundo. Vale a pena ler, até para se entender como começaram os treinamentos da mão-de-obra qualificada e da não qualificada. Claro que o início foi nos EUA, através da General Motors. Depois foram imitados aqui.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

O porque e o modus faciendi do processo de produzir com criatividade. Como aperfeiçoar idéias novas. A dinâmica do pensamento criador. Conselhos Básicos para vencer em qualquer profissão.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Embora haja mais conhecimentos registrados em livros e no espírito de nossos companheiros de trabalho, do que nos seria possível assimilar em tôda a existência, muita coisa dêles está repleta de erros, obscurecida por agradáveis meias-verdades ou completamente desacreditada pelo sarcasmo dos contemporâneos. Constitui, na realidade, grande estudo aprender quais as informações que podem ser usadas com confiança e quais as que devem ser desprezadas. É, contudo, dêsse oceano de conhecimentos existentes, e de novas descobertas feitas diàriamente, que se realiza todo o progresso criador. Para podermos contribuir eficazmente para êsse progresso, devemos aprender a empregar nossos recursos objetivamente e colhêr a substância exata dos fatos, de entre os erros e opiniões que possam envolvê-los. Precisamos ter em mente, também, que a acumulação de recursos não constitui um fim em si mesma, e sim apenas um comêço, pois, para contribuirmos, devemos operar com os nossos recursos por meio de esforços mentais e físicos, se quisermos atingir os resultados desejados


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Carlos Goffi, Diretor da Bradesco Serviço, onde trabalhei algum tempo, numa das constantes reuniões em S.Paulo, por conta da implantação da empresa recomendou a leitura deste livro que, para a época era muito avançado em seus conceitos de criatividade


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2021
Todos os direitos reservados.