carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Árvore da Vida

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Árvore da Vida

Livro Ruim - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    2
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Noemy de Carvalho Cauhy  

Editora: Brasiliana

Assunto: Espiritismo

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 92

Ano de edição: 1984

Peso: 125 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Ruim
Marcio Mafra
16/11/2002 às 16:52
Brasília - DF

Árvore da vida é livro chato. Um porre.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Observações comportamentais e dogmáticas da vida da autora, como membro de uma comunidade espírita.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Caminhada sem limites. Assim, continuei a minha caminhada longa e árdua, fácil e difícil. No momento que esquecemos nossas obrigações, nossas lavouras, naturalmente vamos passar fome e frio. Muitos viraram o leme para o mal e, como voltar é difícil, pois a semente do mal já se fecundou, os frutos tomaram forma e multiplicaram. E, como voltar? Nesta altura, onde está o Filho de Deus quando nos tornamos escravos do mal que são os vícios e crimes? Enfim, uma série de pecados e negativos que se agrupam. O Filho de Deus não conhece pecado porque Ele é dotado de fé, compreensão. Ele é positivo, livre. Não constrói negativos, porque Ele é saudável, nada lhe faz frente. Nem a fome, nem o frio e nem a doença. Ele é o viajante dos tempos. Com Cristo e em Cristo Ele caminhará! Quando o espírito toma força na vida terrestre, dentro de uma total inexperiência entre o bem e o mal, facilitando a perda desta oportunidade de evolução, se ele já possui dons adquiridos de outras escaladas, tudo se torna mais fácil; é um espírito quase perfeito, é um homem, o Filho de Deus em evolução; é trabalhador, é dono dos plantios que Jesus lhe confiou. Quando ele perde o seu caminho, vai para junto dos espíritos errantes. Muitos se recuperam e outros se distanciam por milhares de anos, mas sempre Jesus está a sua espera, como um menino travesso que não volta da escola. Até mesmo dentro de suas terríveis artes e pecados. Mas ele pode redimir-se, por que não? O melhor remédio é o amor de hora em hora, ternura intercalada com a compreensão, quatro vezes por dia. A fé, sempre. Caridade, todas as vezes que puder. Respeitar com amor os nossos progenitores e mentores. Levar reconhecimento aos mais fracos e impuros e o benefício, pois será repartido entre nós o bem e a paz. Caros irmãos, se perderes entre os matagais, se não sentir forças para sair, suplicando a Deus: onde estou? Para onde vou? Que será de mim? Mas também dizendo: Senhor, eu quero retornar no caminho certo. Fui cego em não aproveitar este estágio de tanto valor. Perdi-me entre os pecados que me queimavam a mente todos os instantes; mesmo assim, alguma coisa dentro de mim, do meu EU, de minha mente, de meu espírito, das reações da carne, todo este conjunto se cristalizará em apurar-se, para que eu possa conscientizar-me da verdade que é CRISTO em nós!


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Não sei como este livro veio parar aqui.


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2021
Todos os direitos reservados.