carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

O Estatuto da Criança e do Adolescente

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
O Estatuto da Criança e do Adolescente

Livro Bom - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    1
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Antonio Carlos Gomes da Costa  

Editora: LTr

Assunto: Direito Especial

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 70

Ano de edição: 1994

Peso: 135 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Bom
Marcio Mafra
21/04/2005 às 19:40
Brasília - DF

O livro fala dos caminhos e dos descaminhos do trabalho infantil, trata da grande obra do autor que é o ECA. É quase um livro técnico, permeado de coisas do direito, que como todas as obras desta natureza, busca que crianças e adolescentes tenham sucesso na escola e na vida. Leitura boa pra leitor do ramo do direito. Para os leigos é bem chatinha.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Trajetória, situação em 1994 e perspectivas sobre o trabalho infantil, ante o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Estado, sociedade e trabalho infantil. Antes dos Anos Oitenta.
Antes dos anos oitenta, a sociedade e o Estado brasileiros conviveram de uma forma bastante pacífica com o quadro do trabalho infantil. A fiscalização do Ministério do Trabalho teve sempre uma atitude bastante tímida e inexpressiva diante do problema. Os sindicatos, totalmente absorvidos pelas lutas corporativas, consideravam que dedicar atenção a esse tipo de problema era desviar tempo e energia que poderiam ser gastos nas lutas capazes de conduzir a transformações sociais mais amplas e profundas. As ONGs, voltadas para o atendimento da população infanto-juvenil, por seu lado, preocupavam-se apenas com ações típicas de atendimento direto, evitando enveredar-se pela discussão de questões políticas e sociais de maior envergadura.
Assim foi o trabalho infantil encarado no Brasil ao longo de muitos anos. Às vezes, aparecendo no discurso político como parte do quadro geral de sofrimento de certas categorias de trabalhadores e de famílias e comunidades de baixa renda, sem, contudo, merecer uma atenção específica e continuada, tanto por parte do Estado, como por parte do movimento social.


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF
Não há qualquer histórico para falar deste livro.

 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2021
Todos os direitos reservados.