carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Pedagogia da Autonomia

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Pedagogia da Autonomia

Livro Ótimo - 2 comentários

  • Leram
    6
  • Vão ler
    18
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    9

Autor: Paulo Freire  

Editora: Paz e Terra

Assunto: Pedagogia

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 165

Ano de edição: 1996

Peso: 95 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 


Excelente
Sérgio Pena Oliveira
18/11/2018 às 14:37
Altamira - PA
Livro excelente do patrono da educação brasileira o educador e filosofo brasileiro Paulo Freire, sendo este livro sua última obra publicada em vida. Apresenta propostas de práticas pedagógicas necessárias à educação como forma de construir a autonomia dos educandos, valorizando e respeitando sua cultura e seu acervo de conhecimentos empíricos junto à sua individualidade. Traz uma reflexão sobre a relação entre educadores e educandos e elabora propostas de práticas pedagógicas, orientadas por uma ética universal, que desenvolvem a autonomia, a capacidade crítica e a valorização da cultura e conhecimentos empíricos de uns e outros. Criando os fundamentos para a implementação e consolidação desse diálogo político-pedagógico e sintetizando questões fundamentais para a formação dos educadores e para uma prática educativo-progressiva, Paulo Freire estabelece neste livro novas relações e condições para a tarefa da educação.

Super recomendo!!!

Ótimo
Marcio Mafra
02/11/2004 às 17:12
Brasília - DF

Quando chega às mãos este livro do Paulo Freire, de imediato, se imagina tratar-se de um livrinho - no sentido pejorativo de livreco - devido as dimensões - 10 por 12 cm. Ledo engano. Trata-se da 25ª edição, com 430 mil exemplares vendidos. É de se abismar. O autor, faz da formação de professores, a temática central do seu Livro (com maiúscula). Grande parte dele é uma reflexão e um exercício sobre a prática educativa, com ênfase na autonomia do aluno. O foco do livro pauta-se também para a "ética do ensino" e explica ao leitor sobre a diferença entre treinar, ensinar e educar. Simples e bom.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Os saberes necessários à prática educativa.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Quanto mais me torno rigoroso na minha política de conhecer tanto mais, porque crítico, respeito devo guardar pelo saber ingênuo a ser superado pelo saber produzido através do exercício da curiosidade epistemológica. Ao pensar sobre o dever que tenho, como professor, de respeitar a dignidade do educando, sua autonomia, sua identidade em processo, devo pensar também, como já salientei, em como ter uma prática educativa em que aquele respeito, que sei dever ter ao educando, se realize em lugar de ser negado. Isto exige de mim uma reflexão crítica permanente sobre minha prática através da qual vou fazendo a avaliação do meu próprio fazer com os educandos. O ideal é que, cedo ou tarde, se invente uma forma pela qual os educandos possam participar da avaliação. É que o trabalho do professor é o trabalho do professor com os alunos e não do professor consigo mesmo.


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Não há historia para narrar sobre este livro


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2021
Todos os direitos reservados.