carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

A Graça da Coisa

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
A Graça da Coisa

Livro Excelente - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    0
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Martha Medeiros  

Editora: L&pm

Assunto: Costumes Brasileiros

Traduzido por: Nenhum Tradutor o livro é em Portugues

Páginas: 216

Ano de edição: 2013

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Excelente
Ieda Maria Machado Andrade
12/07/2020 às 17:08
Juiz de Fora - MG
Livro que nos faz refletir o nosso dia a dia e também trata das relações de desapego. Tema importante é como dar mais valor às pessoas.

Ieda Maria Machado Andrade
12/07/2020 às 16:45
Juiz de Fora - MG
Passar pela vida à toa é um desperdício imperdoável Que o mundo está uma doidice sem tamanho não é preciso dizer. Que estamos cada vez trabalhando mais, ficando mais tempo no celular e no trânsito, nem se fala. Então como sobreviver, ou melhor, como viver em meio a este caos que se transformou a nossa vida? Para Martha Medeiros, a grande questão é se desapegar daquilo que é desnecessário, que nos faz mal, que nos atrasa, e enxergar a graça da coisa sendo a coisa, no caso, a própria vida.
Ieda Maria Machado Andrade
12/07/2020 às 16:45
Juiz de Fora - MG
"Martha escreve sobre tudo e até a falta de tema pode virar uma pauta bacana. O livro fala de relações humanas, amores, laços familiares, perdas e vitórias e também aborda alguns filmes e livros, traçando paralelos e levantando questões pertinentes. Tudo isso é feito de uma forma muito natural e sentimos que estamos em uma conversa com a escritora, o que traz um aconchego quentinho em certos momentos, ou nos deixa com aquela “pulguinha” atrás da orelha em outros".

Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Ieda Maria Machado Andrade
12/07/2020 às 16:45
Juiz de Fora - MG
Tentei encontrar um ponto em comum em todas as crônicas, tão diversas e plurais – e o que percebi é que, geralmente, a escritora junta um fato de seu cotidiano a uma comparação inesperada e consegue, nisso, fazer uma análise mais profunda de algum devaneio, e nos convida com graciosidade a entrar nesta viagem. A aventura pelas palavras, enfim, dá cor até para coisas nas quais jamais veríamos brilho.

 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2020
Todos os direitos reservados.