carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Viver, A Que Se Destina

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Viver, A Que Se Destina

Livro Ruim - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    0
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Mario Sergio Cortella   Leandro Karnal

Editora: Papirus 7 Mares

Assunto: Auto Ajuda

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 120

Ano de edição: 2020

Peso: 150 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Ruim
Marcio Mafra
11/05/2021 às 18:48
Brasília - DF
Diálogo entre Cortella e Karnal sobre a liberdade, nascimento, vida, morte, felicidade, família, religião, etc. Coisa parecida com conversa de boteco - quase íntima - entre amigos.
Qual o sentido da vida?
Por que e com que finalidade nascemos, vivemos e morremos?
Simples condições físico-biológicas? Ou coisa feita para os deuses se divertirem.
A inteligência e a cultura humana buscam tais respostas desde há muito.
São questões que se perdem pelas lendas, crenças, religiões, interesses, domínios, deuses e diabos.
Cortella e Karnal, se encontram para refletir sobre essas questões que muito fascinam e intrigam a todos. Mas não esclareceram coisíssima nenhuma.
Eu não consigo nem saber por que o Mario Cortella, ultimamente, só escreve livros no estilo “diálogo” . Ou seja, sempre conversando com outro autor.
Coisa mais sem sentido, embora possa ser um estilo.
Assim fica mais difícil saber qual o sentido da vida.
Parece que nem Mario Cortella , nem Leandro Karnal, embora sendo bons pensadores, não sabem definir qual o sentido da vida. Pelo menos não ficou claro ao leitor.
Por isso tenho este livro num conceito pouco menos que mediano, ruim mesmo.

Marcio Mafra
19/06/2021 às 18:47
Brasília - DF
Diálogo entre Cortella e Karnal sobre os conceitos de liberdade, nascimento, vida, morte, trabalho, felicidade, família e religião. Mais parece uma conversa de boteco, quase íntima, entre amigos.
Marcio Mafra
19/06/2021 às 18:47
Brasília - DF
Muitas vezes não existe nenhum destino, não existe nenhuma vocação, não existe nada pré-escrito, mas, quando surge uma oportunidade, quanto mais bem preparado se estiver, mais essa oportunidade pode nos encontrar. Entender que o destino da vida é múltiplo, que as escolhas implicam perdas, que a potencia de tudo está contida a cada curva da estrada, que eu sou eu e minhas circunstancias e que é possível interferir, mas não no grau de um ser todo-poderoso, isso deveria nos tornar um pouco mais perfectíveis.

Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
19/06/2021 às 18:47
Brasília - DF
Fernanda Mafra, me presenteou com alguns livros por ocasião do meu aniversário de 76 anos. Entre eles: “Viver. A que se destina?”

 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2021
Todos os direitos reservados.