carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

A Viagem de Cilka

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
A Viagem de Cilka

Livro Ótimo - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    0
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Heather Morris  

Editora: Planeta

Assunto: Romance

Traduzido por: Petê Rissatti

Páginas: 299

Ano de edição: 2020

Peso: 520 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Ótimo
Marcio Mafra
20/06/2021 às 20:50
Brasília - DF
A Viagem de Cilka é um romance, baseado numa história real de amor, coragem e esperança.
Cilka, 16 anos de idade, muito bonita, corpo, cabelos e olhos de chamar atenção foi transportada para o mais emblemático campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau, onde foram mortos mais de 1 milhão de prisioneiros.
Ao chegar no campo de concentração ela chamou a atenção dos oficiais nazistas, inclusive do comandante do campo, que a separou das demais.
Sua beleza lhe salvou a vida, mas também a conduziu ao inferno.
Ela ocupava o Galpão 29, com outras prisioneiras, entre elas Margareth, Anastacia, Elena e Hanna sua concorrente, além de Olga e Raisa.
Seu "homem" era o nazista Boris, por quem acabou apaixonada.
O Campo funcionou até 1945, quando os soviéticos ganharam a Guerra e libertaram cerca de 7 mil prisioneiros.
Dentre os prisioneiros libertados estava Cilka que foi considerada uma criminosa por ter "dormido com o inimigo" e foi transportada para uma nova prisão, o Gulag na Sibéria, onde foi condenada a trabalhar mais quinze anos para os russos, durante a ditadura de Stalin.
Numa palavra, o livro é de "sofrência".

Marcio Mafra
20/06/2021 às 20:50
Brasília - DF
A história de Cilka Klein, capturada e presa pelos Alemães quando estes invadiram a Polônia. Para não morrer nas câmaras de gás e enfrentar o furioso inverno da Polônia, ela se sujeitou a tudo para sobreviver. Durante anos foi brutalizada sexualmente pelos alemães. Quando os alemães perderam, os russos chegam aos campos de concentração em primeiro lugar, e começam a julgar entre os prisioneiros libertados, quem compactuou com os nazistas. Cilka foi considerada uma criminosa por ter "dormido com o inimigo" e foi transportada para uma nova prisão, o Gulag na Sibéria, onde foi condenada a trabalhar mais quinze anos para os russos, durante a ditadura de Stalin.
Marcio Mafra
20/06/2021 às 20:50
Brasília - DF
Não disponivel

Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
20/06/2021 às 20:50
Brasília - DF
No meu aniversário de 2020, Fernanda Mafra me presenteou com “A Viagem de Cilka”

 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2021
Todos os direitos reservados.